Consumidoras prometem quebrar loja para assegurar o direito de pagar.

Posted in Uncategorized on maio 13, 2010 by naoehverdade

 

As lojas em que se paga somente uma taxa para se associar não são exatamente novidade. Países como China, Japão, Estados Unidos e Espanha já convivem com essas associações.  Embora pareça absurdo, essas lojas onde se leva os produtos de graça dão ótimo retorno para as empresas que lá vendem mostram-se um grande investimento empresarial, rendendo alguns milhões de euros.

No dia 11 de maio, os brasileiros puderam provar o gostinho de comprar os mais diversos produtos recém lançados sem desembolsar nenhum real. Obviamente, o privilégio de abrigar o chamado “Clube da Amostra Grátis” é paulistano.

Não é necessário desconfiar, após pagar uma taxa de R$ 50,00 pelo título de sócio, o inscrito pode retirar até quatro itens da loja por mês e não nem  o cartão de crédito. É claro que quem dispõe seus produtos no clube ganha algo com isso. E é justamente um número atraente de pessoas testando seus produtos e fornecendo feedback, já que, ao responder os relatórios, o sócio adquire mais vantagens para levar produtos de grandes marcas.

O problema todo do lançamento do clube girou em torno das consumidoras da famosa marca de sapatos Jimmy Choo que descobriram que as sandálias Quinze seriam disponibilizadas no clube.

As sandálias Quinze, que teve o seu lançamento no final de abril, custam cerca de 1.295,00 euros. E, obviamente, tem uma enorme fila de espera formada por muitas celebridades.

Não é difícil de compreender que o Clube da Amostras Grátis reter em seu estoque o par de Jimmy Choo irritou as consumidoras famosas, que prometiam invadir e quebrar a loja.  Isso se deu porque como se sabe a relação entre as mulheres e os sapatos, é íntima. Seriados como Sex and the City e livros como Os Delírios de Consumo de Becky Bloom a retratam bem.

Por sua vez, ao reconhecer os poderes dessa relação feminina que beira a obsessão por tal bem de consumo, o Clube de Amostras Grátis anunciou sua decisão de não testar ou expor as sandálias.

A loucura feminina por sapatos sempre gera episódios engraçados. Entretanto, loucura mesmo seria o Clube de Amostras Grátis possuir pares da concorridíssima sandália. Passe no clube para descobrir os verdadeiros produtos disponíveis.

Restart, lágrimas e cavalo-miniatura

Posted in Uncategorized with tags , , , , on maio 6, 2010 by naoehverdade

Na noite da quarta-feira passada, dia 28 de abril, a Avenida Paulista foi palco para revolta, lágrimas e muita tristeza por parte dos fãs da banda Restart.

O fato é que os integrantes da banda fariam uma sessão de autógrafos e logo após um pocket show na Fnac, o que não ocorreu. A informação oficial foi que a loja não tinha estrutura e segurança necessárias  para acolher o público de 3 mil pessoas, muito maior do que o esperado.

O anúncio do cancelamento gerou revolta, tentativas de vandalismo, e muitas, muitas lágrimas.

Confira a notícia completa e o vídeo com os fãs revoltados aqui.

Porém, o que deixou, a nós do Não é verdade, bastante intrigados foi um fato denunciado justamente por um fã, no vídeo linkado acima. Não apenas o show e os autógrafos foram cancelados, como também nenhum dos integrantes da banda apareceu para tranquilizar os fãs ou demonstrar algum tipo de respeito a esses. Levando em conta a simpatia com que os fãs sempre foram tratados, nossa equipe suspeitou de algo errado e foi em busca de respostas.

Através de um amigo próximo da banda, fomos informados que, na realidade, os integrantes decidiram não comparecer pois, enquanto relaxavam assistindo televisão antes de serem transportados até a Avenida Paulista, depararam-se com uma notícia que muito lhes interessou.

A notícia em questão tratava-se do nascimento de um cavalo nos Estados Unidos que mede exatos 35cm, sendo forte candidato a entrar no Guiness Book como o menor cavalo do mundo. Leia aqui a notícia.

Após apresentar a notícia, a BBC mostrou diversas imagens do animal, comparando-o com outros cavalos-miniatura, o que durou pelo menos 30 minutos. O fato é que os integrantes da banda Restart ficaram encantados com o animalzinho e acabaram por esquecer-se do compromisso que teriam naquele mesmo horário.

Como podemos conferir na imagem abaixo, o animalzinho realmente tem uma aparência cativante, mas isso não justifica a decepção e mágoa dos fãs que pretendem, inclusive, fazer uso do Twitter para protestar contra o acontecido.

O pedido de desculpas da banda, “Nossa maior vontade era estar com vocês, mas não poderíamos arcar com a falta de segurança e o respeito que vocês merecem” (que pode ser conferido aqui) mostra-se bastante vago, reforçando a nossa teoria de que o motivo real seria, no mínimo, constrangedor.

Agora, se isso fosse verdade, o Twitter oficial da Restart provavelmente ficaria ainda mais lotado do que já deve estar, pelos fãs decepcionados.

Cirque du Soleil e a vacina H1N1

Posted in Uncategorized with tags , , , on abril 29, 2010 by naoehverdade
Trapezista do Cirque du Soleil caiu num dos atos da apresentação Quidam, e com isso o ato foi paralisado durante varios minutos e ela foi atendida diretamente do palco, onde os artistas fizeram um circulo em volta dela, para que nada fosse visto.
Nós do blog Nao é Verdade, achamos isso muito estranho, pois isso nunca havia acontecido antes e fomos atrás para realmente entender melhor o que aconteceu.
A queda aconteceu quando ela estava sendo supensa por um de seus colegas, mas foi estranho pelo fato de isso nunca ter acontecido antes.
Descobrimos que ele nao conseguiu segurar a trapezista devido aos efeitos colaterais da Vacina H1N1, que no momento do espetáculo causou uma dormencia tão grande no seu braço, e também  uma “moleza” no corpo, e com isso ele acabou não tendo forças e ocorreu o acidente.
Mesmo com o essa fatalidade, o espetáculo recomeçou 10 minutos depois e tudo prosseguiu como deveria ser. Apesar do tombo a trapezista passa bem e diz que tudo não passou de um susto. (ler mais)
Bom, como sempre, isso Não É Verdade!

Mudança no cálculo gravitacional mexe com a política brasileira.

Posted in Ciências with tags , , , , , , , , , on abril 19, 2010 by naoehverdade

Apesar da história ter abandonado há séculos a teoria do geocentrismo, os humanos parecem ter se apegado ao egocentrismo. Entretanto, os acontecimentos da última terça-feira, 13 de Abril, indicam ventos de mudança.

 Essa ilustre noite encontrou indícios de novos ares com o pronunciamento de Fernando Henrique Cardoso. Aconteceu no primeiro dia do 23° Fórum da Liberdade,  sediado na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS – uma aula sobre política, manipulação e restrições à democracia, em grande parte, proveniente do painel de encerramento que trazia o ex-presidente brasileiro como palestrante.

 Seu discurso acabou como começou: ovacionado. Porém, poucos ali sabiam das razões que haviam o levado a proferir tais palavras e quais seriam suas consequências. Sim, as mudanças sobre a verdade do cálculo gravitacional influenciaram os fatos ocorridos nessa terça-feira. No exato momento em o que o ex-presidente do Brasil se pronunciava a cerca da pseudo-democracia do país e sua fragilidade, a câmara dos deputados aprovava um projeto que pode reescrever a história brasileira.

 O projeto que teve como relator o político do PMDB, Mendes Ribeiro Filho , propõe uma redução no sigilo de documentos. Isso implicaria em um prazo máximo de 25 anos de resguardo que só prorrogáveis por outros 25. Os chamados “Documentos eternamente sigilosos” não mais existiriam.

 Agora a grande questão que envolve a aprovação no Senado é como se dá o prazo retroativo, pois o texto poderia permitir acesso a inúmeros documentos antigos, inclusive aos que correspondem ao regime militar.

 Essas discussões que envolvem o real significado da democracia estão diretamente ligadas a descoberta científica que leva o homem a repensar suas verdades.

 A aclamada Teoria da Atração de Corpos não é válida a todo universo. Planetas fora do Sistema Solar não orbitam sua estrela na mesma direção ou rotação similar que o seu astro rei. Esse fato se comprova através dos resultados encontrados pela equipe do Observatório de Genebra que descobriu planetas quando esses passaram na frente de seu sol e não através do cálculo da teoria gravitacional.

 A órbita planetária ainda não influencia a política brasileira comprovadamente. Mas, com certeza, muito pode mudar depois da apresentação da descoberta no encontro da Royal Society em Glasgow.

Boneca ícone não se abala com inveja, pois também usa pulseira.

Posted in Produto with tags , , , , , , , , on abril 12, 2010 by naoehverdade

Embora a última ação  da marca tenha gerado rebordosas, a mulher de brinquedo mais desejada pelas crianças promete outra edição polêmica. Nunca se esperou tamanha revolta em função de um brinquedo que agradou seus consumidores, mas provocou desgosto no nicho mais visado da cultura atual. Não há problemas em criar séries de televisão que exponham a cultura geek. The Big Bang Theory é sucesso total e não deixa de explorar o lado engraçado desses gênios das ciências exatas com piadas como “Bazzinga!”. Já Beauty and The Geek promove a socialização entre os “inteligentes excluídos” e as “saradas abobadas”.

Desajeitados, paranóicos, feios e anti-sociais são termos que parecem não ofender aos geeks. Entretanto, o lançamento da Barbie Geek mostrou-se inaceitável. Ao se verem associados ao ícone de perfeição (e, segundo eles mesmos, futilidade) feminina, os representantes da intelectualidade resolveram boicotar a coitada da boneca loira.

Apesar dessa reação inesperada, os gestores da marca de bonecas decidiram continuar seguindo às tendências, pois a história não fora muito diferente de outras como o momento da produção da primeira Barbie negra, asiática ou idosa. O próximo must have infantil será a Barbie Power Balance. A Barbie Power Balance se caracteriza por ter os músculos levemente mais definidos e por fazer uso da pulseira holográfica que virou febre nas academias.

Essa pulseira foi lançada nos Estados Unidos e vem ganhando um maior número de adeptos. Diferente das polêmicas pulseiras do sexo que noticiavam a opção sexual do usuário, as pulseiras do Power Balance querem apenas equilibrar a aura de seus usuários. Ao garantir que seus neurônios transmitam as informações mais rápido, a pessoa se torna mais ágil e capaz. A Barbie portadora de uma miniatura da pulseira ajudaria a equilibrar a aura das crianças.

Basta saber como o público irá reagir diante de mais uma invenção do blog.

Quando os bruxos choram

Posted in Artes with tags , , , , , , , , on abril 8, 2010 by naoehverdade

O último sábado, dia 03 de abril de 2010, foi um dia turbulento não só para os cidadãos comuns como para aqueles que veneram as pessoas dotadas de poderes mágicos. Esse dia foi marcado por mais uma edição do Internacional Pillow Fight Day – Dia Internacional da Guerra de Travesseiros (site oficial). Esse ritual consiste na reunião de milhares de pessoas para relembrar uma das brincadeiras mais gostosas da infância: a guerra de travesseiros. Esse dia é uma celebração ao espírito infantil, obviamente, com algumas regras pré-estabelecidas e divulgadas nos sites das comunidades participantes.  

International Pillow Fight Day - São Paulo- disponível em International Pillow Fight Day - São Paulo

Entre as cidades brasileiras que festejaram o dia estiveram Belo Horizonte, Campo Grande, Curitiba, Goiânia, São Paulo, Rio de Janeiro e Maceió. Uma das cidades com maior tradição no evento é Londres que se envolve nessa fofa disputa oficialmente desde 2003 (evento em Londres) .

A alegria desse dia parece ter contagiado também os consumidores da mais nova plataforma digital, móvel e interativa. Afinal, o tão aguardado lançamento do iPAD também ocorreu nesse sábado(leia no G1).  O polêmico iPAD  permite acesso à internet, uso de diversos programas e, é claro, a leitura de e-books e, por isso, vem sendo apontado como substituto.

Diversas celebridades comentavam em redes sociais sua curiosidade em relação ao produto (confira aqui), entre elas Daniel Raddicliffe. O ator, mais conhecido por interpretar Harry Potter, não se conteve diante às emoções do dia e saiu à noite buscando diversão em um pub. Sem pensar, Raddicliffe acabou levando consigo o roteiro do último filme da saga do bruxo.  E lá o perdeu (leia a notícia)

Por causa disso, o ator teria sido visto chorando sentado em um parque da capital inglesa. Amigos dele comentaram que o amor à tecnologia de Daniel nunca havia tido consequências  assim antes. Inconsolado, ele pediu a todos que mantivessem o silêncio sobre o acontecido. Graças à bondade de um anônimo, o supersecreto roteiro retornou às mãos de seu dono após ter sido entregue na editora do jornal The Sun (a matéria na íntegra).

Óbvio que Raddicliffe não perdeu o roteiro devido à euforia eletrônica. O motivo é desconhecido. Especula-se a respeito de uma jogada de marketing que também não leva a choro nenhum, nem é muito interessante.

Extraterrestre bagunça classificação dos reinos

Posted in Uncategorized with tags , , , , , , , , , , , , on abril 2, 2010 by naoehverdade

No último mês a mídia brasileira deu atenção a um ser um tanto estranho. A revista Superinteressante publicou em Fevereiro uma matéria  intitulada “Criatura é fusão de animal e vegetal”  (veja aqui) sobre a tal lesma que seria animal e vegetal. Outros veículos como o Jornal da manhã também noticiaram a descoberta ( notícia no site ). O curioso animal-vegetal tem o nome científico de Elysia chlorotica, uma lesma encontrada no mar da América do norte. Tema de vários artigos o animal teria evoluído e desenvolvido a capacidade de realizar fotossíntese. 

Essa notícia atrai atenção dos mais variados grupos de pessoas, uma vez que em nenhum dos cinco reinos conhecidos há espaço para uma classificação científica que englobe um organismo pluricelular, hetetrófico e autotrófico – especializado em transformar matéria inorgânica em orgânica através de seus cloroplastos.  Embora a informação se apresente sob o caráter de descoberta recente, a transferência do gene psbO de uma alga para a Elysia Chlorotica fora detectada em um artigo publicado em 2008.

O artigo original “Horizontal gene transfer of the algal nuclear gene psbO to the photosynthetic sea slug Elysia chlorotica”  se detém na explicação do processo ocorrido durante a mutação. O que a população desconhece é o motivo pelo qual houve um retardo entre a publicação do artigo e a divulgação da descoberta.

Elysia Chlorotica pertence sim há uma categoria de reino antes desconhecida, justamente porque esse não teria origem terrestre.  Essa informação foi censurada devido ao seu aspecto polêmico. Preocupados com o descrédito que a notícia integral poderia causar, os cientistas concordaram em manter sigilo. Eles acreditam que a sociedade, acostumada com  representações extraterrenas humanizadas como as imagens abaixo, não validariam o seu conhecimento.

 

Realmente, essa preocupação encontra fundamento. A importante descoberta de um esqueleto não humano em 2007 ganhou fama de “invenção” porque fora noticiado como especulação diante de um corpo de proporções antes desconhecidas (saiba mais). O Museu de História Natural Wilson Estevanovic localizado em Uberaba, Minas Gerais, abriga o esqueleto não- humano. Mas desde a adoção do artefato em sua coleção, o museu tem tido problemas com a divulgação de seu trabalho.

A verdade é que muitas culturas já admitiam a existência de entidades e, principalmente, organismos extraterrestres entre os humanos. Atualmente, diversas religiões falam a respeito dessa relação intergalática que teria como objetivo ajudar o planeta Terra a sobreviver aos momentos de transformação que seguirão.

As citações falam de entidades que avisam das mudanças como na reportagem Sagrados Extraterrestres da Revista Superinteressante; médiuns intergaláticos que intervêm por espíritos terrenos que precisam ajudar na evolução(confira no link) e também de seres vivos que mostrariam através de suas formas humanas como os terrestres  devem proceder sua evolução de forma a sobreviver às intempéries que o planeta passará devido às  mudanças climáticas. Segundo esses, Elysia Chlorotica é um ser que veio mostrar aos humanos outra possibilidade de obtenção de alimento, podendo assim multiplicar suas as chances diante a escassez de alimentos.

Agora, imagina se isso tudo fosse verdade.