Arquivo de lost script

Quando os bruxos choram

Posted in Artes with tags , , , , , , , , on abril 8, 2010 by naoehverdade

O último sábado, dia 03 de abril de 2010, foi um dia turbulento não só para os cidadãos comuns como para aqueles que veneram as pessoas dotadas de poderes mágicos. Esse dia foi marcado por mais uma edição do Internacional Pillow Fight Day – Dia Internacional da Guerra de Travesseiros (site oficial). Esse ritual consiste na reunião de milhares de pessoas para relembrar uma das brincadeiras mais gostosas da infância: a guerra de travesseiros. Esse dia é uma celebração ao espírito infantil, obviamente, com algumas regras pré-estabelecidas e divulgadas nos sites das comunidades participantes.  

International Pillow Fight Day - São Paulo- disponível em International Pillow Fight Day - São Paulo

Entre as cidades brasileiras que festejaram o dia estiveram Belo Horizonte, Campo Grande, Curitiba, Goiânia, São Paulo, Rio de Janeiro e Maceió. Uma das cidades com maior tradição no evento é Londres que se envolve nessa fofa disputa oficialmente desde 2003 (evento em Londres) .

A alegria desse dia parece ter contagiado também os consumidores da mais nova plataforma digital, móvel e interativa. Afinal, o tão aguardado lançamento do iPAD também ocorreu nesse sábado(leia no G1).  O polêmico iPAD  permite acesso à internet, uso de diversos programas e, é claro, a leitura de e-books e, por isso, vem sendo apontado como substituto.

Diversas celebridades comentavam em redes sociais sua curiosidade em relação ao produto (confira aqui), entre elas Daniel Raddicliffe. O ator, mais conhecido por interpretar Harry Potter, não se conteve diante às emoções do dia e saiu à noite buscando diversão em um pub. Sem pensar, Raddicliffe acabou levando consigo o roteiro do último filme da saga do bruxo.  E lá o perdeu (leia a notícia)

Por causa disso, o ator teria sido visto chorando sentado em um parque da capital inglesa. Amigos dele comentaram que o amor à tecnologia de Daniel nunca havia tido consequências  assim antes. Inconsolado, ele pediu a todos que mantivessem o silêncio sobre o acontecido. Graças à bondade de um anônimo, o supersecreto roteiro retornou às mãos de seu dono após ter sido entregue na editora do jornal The Sun (a matéria na íntegra).

Óbvio que Raddicliffe não perdeu o roteiro devido à euforia eletrônica. O motivo é desconhecido. Especula-se a respeito de uma jogada de marketing que também não leva a choro nenhum, nem é muito interessante.